Webinário reúne lideranças científicas para analisar a situação da pandemia no Nordeste

Como os estados dos Nordeste estão lidando com as medidas de distanciamento social? Como estão os indicadores epidemiológicos na região? Quais são os critérios e indicadores que podem orientar as decisões dos governos estaduais em relação à flexibilização do distanciamento social? É possível flexibilizar agora? Essas e outras questões serão discutidas por pesquisadores do Nordeste e lideranças científicas no webinário “Pandemia da Covid-19 no Nordeste do Brasil: Situação Atual e Recomendações”, que ocorre nesta segunda, 22, às 14h.

O encontro é realizado pelo grupo “Epid-NE Epidemiologistas do Nordeste” com a promoção do Comitê Científico de Combate ao Coronavírus do Consórcio Nordeste e a Rede CoVida.  Na ocasião, será apresentado o relatório homônimo, produzido por pesquisadores do “Subcomitê 9: Epidemiologia, modelos matemáticos e medidas de enfrentamento” do Comitê Científico do Consórcio Nordeste e do Grupo “Epid-NE Epidemiologistas do Nordeste”.

Bases científicas
O relatório “Pandemia da Covid-19 no Nordeste do Brasil: Situação Atual e Recomendações” é dividido em duas partes:  a primeira apresenta um panorama da situação da Covid-19 na Região Nordeste e uma segunda detalha critérios e parâmetros para a flexibilização do distanciamento social. Na análise da pandemia, os pesquisadores afirmam que “em quase todos os estados, exceto Bahia e Piauí, a epidemia já chegou a mais de 90% dos municípios. Observamos em maior ou menor grau redução da mobilidade social e uma desaceleração na progressão da epidemia em todos os estados do Nordeste. Entretanto, o número de reprodução efetivo permanece acima de 1 em todos os estados, indicando que a epidemia ainda continua em crescimento”.

Já em relação a flexibilização do distanciamento social, o documento conclui que “a situação epidemiológica em que se encontram os diversos Estados da Região Nordeste, (…) não se enquadram, no presente momento, nos critérios e parâmetros compatíveis com a recomendação de flexibilização das medidas de distanciamento social”.

Participantes do webinário:
• Sérgio Rezende – coordenador do Comitê Científico do Consórcio Nordeste
• Luís Eugênio Portela – Vice-presidente da Federação Mundial das Associações de Saúde Pública
• Gulnar Azevedo – Presidente da Abrasco
• Pedro Vasconcelos – Presidente da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical
• Natalino Salgado Filho – Reitor da Universidade Federal do Maranhão
• Pedro Falcão – Reitor da Universidade Estadual de Pernambuco
• Adélia Pinheiro – Secretária de Ciência, Tecnologia e Inovação da Bahia
• Sinval Brandão Filho – Diretor da Fiocruz Pernambuco
• Mauricio Barreto – Coordenador do Cidacs/Fiocruz
• Ricardo Ximenes – Universidade Federal de Pernambuco
• Antônio Augusto Silva – Universidade Federal do Maranhão
• Lígia Kerr – Universidade Federal do Ceará

Inscreva-se 

Acesse o relatório

O evento será transmitido também pelo youtube/cidacsfiocruz

Deixe uma resposta