COVID-19 – Reflexões acerca das desigualdades no acesso ao diagnóstico

O estudo demonstra a importância da disponibilidade e precisão de dados epidemiológicos no combate à pandemia. E, a partir da análise de dados internacionais e nacionais, evidencia como as disparidades econômicas, regionais, sociais e raciais, muitas vezes, funcionam como entraves para o acesso à saúde. Também preenche uma lacuna nos estudos sobre testagem da COVID-19 ao mostrar a discrepância em diferentes contextos sociais no Brasil e no mundo.